Carreiras

| Educação

No último sábado (4), candidatos realizaram o Programa de Avaliação de Vida Escolar (PAVE), que é um dos processos de ingresso aos cursos de graduação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Nas instruções da prova foi identificada a frase "Fora Bolsonaro", por meio de junção de letras em negrito.

A imagem foi compartilhada no Twitter e, de acordo com um internauta, a inscrição esteve presente apenas na segunda etapa do certame. Confira a imagem:

##RECOMENDA##

Através de um comunicado, a universidade afirmou que o responsável pela mensagem foi identificado. Além disso, de acordo com a UFPel, um processo administrativo foi aberto para investigar o caso e ressaltou-se que "não há qualquer indício de ofensa à integridade da prova". Nota na íntegra: 

A administração da Universidade tomou conhecimento, no último domingo (5), de inclusão em sua prova do Programa de Avaliação da Vida Escolar (PAVE) de formatação de caracteres em negrito compondo mensagem de cunho político na folha de instruções.

Cumpre informar à comunidade que a autoria da iniciativa já foi identificada, que não há qualquer indício de ofensa à integridade da prova e que já foi instaurado processo administrativo destinado à plena apuração dos fatos e responsabilidades.

A UFPel reitera seu compromisso com a comunidade universitária e regional com a transparência, integridade e regularidade de todos seus processos.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) oferece 7.625 vagas em 122 cursos de graduação pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2022. O termo de adesão da instituição foi divulgado nesta segunda-feira (6), informando as oportunidades distribuídas para cada uma das formações, sendo 3.807 ofertas para ampla concorrência e 3.818 reservadas para estudantes que concluíram o ensino médio em escolas públicas.

De acordo com o termo de adesão, a nota mínima da redação em todos os cursos é de 400 pontos, e para participar da primeira edição do Sisu 2022 é preciso ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

##RECOMENDA##

As notas do Enem 2021 serão divulgadas a partir do dia 11 de fevereiro de 2022. Além da seleção do Sisu, a UFPB também oferece 4.550 vagas em outros 99 cursos de graduação.

A Creditas, startup brasileira de serviços financeiros, está com 450 vagas de emprego abertas para trabalho no modelo home office. Há oportunidades para diversas áreas como Tecnologia, Jurídico, Desenvolvimento de negócios, Vendas, Marketing, Finanças, Recursos Humanos, Crédito, Design, Engenharia, Portfólio e Desenvolvimento de Produtos.

O processo de seleção será totalmente virtual e os interessados já podem realizar as inscrições por meio da página de vagas da empresa. Algumas das oportunidades abertas são para:  coordenador de e-commerce, analista de desenvolvimento de produtos, analista de compliance, analista contábil, software engineer, especialista em marketing e especialista em compras automotivas.

##RECOMENDA##

Além das candidaturas por meio do site, a Creditas também irá realizar a seleção de novos colaboradores no evento virtual Speed Hiring, nos dias 8 e 9 de dezembro das 18h às 21h30. Nestes dias os inscritos irão participar de um processo seletivo durante apenas uma única noite, em que serão encaminhados para uma sala virtual para conversas técnicas, programação em pares, um desafio de arquitetura e uma entrevista com lideranças.

Nesta etapa a empresa busca profissionais de engenharia de software com experiência em Java, Kotlin, Phyton e Node.js, além de possuir conhecimentos em metodologias ágeis e habilidade em desenvolver e implementar APIs.

As inscrições para o evento podem ser realizadas através dos links a seguir:

Engenharia de Software Pleno https://boards.greenhouse.io/creditas/jobs/5696605002

Engenharia de Software Junior https://boards.greenhouse.io/creditas/jobs/5696671002

*Por Thaynara Andrade 

 

 

Neste domingo (5), foram realizadas as provas do Sistema Seriado de Avaliação 1 e 2 (SSA1 e SSA2), sistema de ingresso da Universidade de Pernambuco (UPE). Segundo a instituição, o SSA1 teve 25.907 inscritos, nos quais 2.850 não compareceram à prova, o que equivale a 11% de faltosos. Já o SSA2 teve uma abstenção ainda menor: foram 10,10% de candidatos faltosos, o que representa 1.989 dos 19.687 inscritos.

Enquanto no SSA1 não houve eliminações, apenas três candidatos que realizaram a prova em regime especial por estarem com Covid-19, o SSA2 eliminou um candidato por porte de celular no local de provas em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Dois candidatos do SSA 2 realizam o exame em regime especial.

##RECOMENDA##

Na primeira etapa do exame, foram realizadas 44 questões das disciplinas de português, matemática, física, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e filosofia. Na segunda fase, que será realizada no domingo (12), os estudantes irão responder 46 questões distribuídas nas disciplinas de biologia, química, história, geografia e sociologia.

O SSA 1 será realizado no período da manhã, das 8h15 às 12h15, com os portões fechando pontualmente às 8h. Os estudantes terão quatro horas para realizar as provas, podendo sair das salas após três horas do início do teste. Já o SSA 2 terá início às 14h30 e irá até 18h30, com os portões fechando pontualmente às 14h15. Assim como no SSA1, os estudantes terão quatro horas para realizar as provas, podendo sair das salas após três horas do início do teste.

Os gabaritos, cadernos de provas e número de abstenção total dos dois dias, de ambas as modalidades da prova, estão previstos para serem divulgados no domingo (12).

Neste domingo (5), o primeiro dia de aplicação das provas do Sistema Seriado de Avaliação (SSA 1) da Universidade de Pernambuco (UPE), na Escola Politécnica de Pernambuco, localizada na Madalena, Zona Oeste do Recife, não registrou atrasados. 

Os portões foram abertos às 6h45 e fechados às 8h01. Antes do fechamento, os fiscais ainda foram verificar se ao redor do local de aplicação da prova tinha algum estudante chegando. 

##RECOMENDA##

As provas começaram as 8h15 e os primeiros feras poderão deixar o local a partir das 11h30. Cerca de 25.907 estudantes se inscreveram para fazer a avaliação do SSA 1 e, neste domingo, estão sendo submetidos a questões de Língua Portuguesa, Matemática, Física, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol) e Filosofia. 

O sistema se repete no próximo domingo (12), com a segunda etapa do exame para o SSA 1 e SSA 2, onde os feras responderão a 46 questões distribuídas entre as disciplinas se Biologia, Química, História, Geografia e Sociologia. Nos dias 19 e 20 de dezembro será a vez dos 15.465 inscritos no SSA 3.

Depois da confirmação de três casos de Covid-19, a Secretaria de Educação de Pernambuco decidiu suspender as aulas da escola Ageu Magalhães, em Casa Amarela, por 10 dias. Os alunos que testaram positivo não eram da mesma turma.

Segundo a Secretaria, todas as medidas de segurança foram tomadas para proteção dos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Ageu Magalhães, na Zona Norte do Recife, seguindo o protocolo de biossegurança.

##RECOMENDA##

Com a escola fechada, os alunos estão tendo aulas de forma remota. A pasta reforça que continua acompanhando o caso, para tomar todas as medidas necessárias.

O Ministério da Educação (MEC) emitiu nota, nesta sexta-feira (3), sobre as denúncias de pressão, apontadas por ex-pesquisadores da CAPES, para a aprovação Análise de Propostas de Cursos Novos (APCN) tanto presenciais quanto à distância. No comunicado, o MEC ressalta que foram solicitadas mudanças pontuais em 49 áreas de avaliação.

"Não há pressão pelo estabelecimento de cursos EaD, somente solicitação para que todos se adequem à legislação. A primeira APCN com programas de pós-graduação a distância foi a de 2019, portanto não está em discussão a possibilidade ou não da abertura de cursos EaD, esses já são realidade. O que se observa é uma necessidade de deixar todas as normas alinhadas", afirma trecho da nota.

##RECOMENDA##

Em outro momento, o órgão federal ressalta que a maioria dos pedidos para abertura de novas graduação vem das universidades públicas federais. Além disso, ainda de acordo com o MEC, a "CAPES deu uma semana para pequenas revisões em documentos orientadores e prorrogou prazos a pedido das áreas de avaliação".

Confira o comunicado:

A CAPES esclarece que as revisões nos documentos orientadores da Análise de Propostas de Cursos Novos (APCN) vale tanto para cursos a distância (EaD) quanto presenciais, sem pressão por uma ou outra modalidade. A Fundação solicitou mudanças pontuais para todas as 49 áreas de avaliação ficarem em conformidade com a legislação antes da abertura do calendário, em respeito ao princípio da anterioridade.

A Portaria CAPES nº 2, de 2021, regulamentou o artigo 8º da Portaria CAPES nº 90, de 2019, trazendo regras para polos EaD com atividades presenciais. O normativo, porém, foi publicado após os documentos orientadores. A Fundação abriu o prazo, portanto, para que todos fizessem pequenos ajustes.

“Foram solicitados três pontos: a definição, pelas áreas, de como seriam os polos. A quantidade, a relação máxima, de orientados por orientador. E, se tivesse, algum critério específico para docentes”, elencou Flávio Camargo, diretor de Avaliação da CAPES.

Não há pressão pelo estabelecimento de cursos EaD, somente solicitação para que todos se adequem à legislação. A primeira APCN com programas de pós-graduação a distância foi a de 2019, portanto não está em discussão a possibilidade ou não da abertura de cursos EaD, esses já são realidade. O que se observa é uma necessidade de deixar todas as normas alinhadas.

Cabe ressaltar que a maior parte dos pedidos de abertura de cursos vem das universidades públicas federais. Programas de pós-graduação avaliados com notas 6 e 7, considerados de excelência, querem ramificar ainda mais suas pesquisas.

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE) disponibilizou, através da Gerência de Políticas Educacionais de Jovens, Adultos e Idosos (GEJAI), consulta pública sobre o Currículo de Pernambuco do Ensino Médio para a Educação de Jovens e Adultos destinada a toda sociedade civil. A proposta visa contribuir para o processo de construção do documento.

De acordo com a SEE, o currículo da EJA está disponível em uma plataforma para consulta. O acesso ao documento também permite sugerir "alterações para cada habilidade dos componentes curriculares" e "todos os componentes curriculares do Ensino Médio", salienta a secretaria.

##RECOMENDA##

“Esperamos, com essa consulta pública, que o Currículo de Pernambuco do Ensino Médio para a EJA assuma um caráter mais democrático e plural, e que assim se torne ainda mais ajustado às necessidades e aos objetivos dos estudantes jovens, adultos e idosos do nosso Estado”, afirmou, por meio da assessoria, a gerente Políticas Educacionais de Jovens, Adultos e Idosos, Danielle Bastos.

Após 15 de janeiro, período em que a consulta estará disponível, as contribuições serão analisadas e o documento passará por um processo de reelaboração para a construção da versão definitiva, que será enviada ao Conselho Estadual de Educação.

O Instituto Federal Sertão de Pernambuco (IF SertãoPE), anunciou, na última quinta-feira (2), o processo seletivo para o preenchimento de 147 vagas ociosas na instituição. Esse total é destinado à transferência, reingresso de outra instituição de ensino superior, professor da rede pública de ensino e portador de diploma e referente ao segundo semestre deste ano os campi Petrolina, Petrolina Zona Rural, Floresta, Salgueiro, Santa Maria da Boa Vista e Serra Talhada.

Os interessados podem se inscrever, por meio do sistema eletrônico, entre os dias 6 e 31 de dezembro. De acordo com o edital da seletiva, não haverá cobrança da taxa de inscrição. Entre os cursos ofertados pelo IFSertãoPE estão tecnologia em alimentos, licenciaturas em química, física, computação e música. O resultado preliminar está previsto para 12 de janeiro.

##RECOMENDA##

Ainda segundo o instituto, a transferência interna é direcionada aos alunos do IFSertãoPE que desejarem mudar de formação, já para a externa podem se candidatar pessoas de curso superior reconhecido pelo MEC.

Para portador de diploma é necessário ter sido diplomado anteriormente em curso de graduação de outra instituição de ensino superior (IES) autorizado ou reconhecido pelo MEC. Há também oportunidades para docentes da rede pública, que estão em exercício da profissão há, pelo menos, dois anos, e que não possuam licenciatura plena.

Segundo pesquisa encomendada pelo Serviço Social da Indústria (SESI) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), as mudanças implementadas no Novo Ensino Médio são avaliadas de forma positiva por 61% dos estudantes entrevistados. A proposta de ensino só será obrigatória em toda a rede pública no ano de 2022, contudo algumas escolas já experimentam o novo modelo.

O Novo Ensino Médio propõe oferecer aos estudantes uma capacitação por área de conhecimento que permitirá ao jovem optar por uma qualificação profissionalizante em paralelo com a conclusão da educação formal. Os chamados de "Itinerários formativos”, permitirão aos alunos a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos na formação técnica ou em áreas como Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática.

##RECOMENDA##

Para realização da pesquisa foram entrevistados mais de 1 mil estudantes pertencentes às escolas que já adotaram o novo modelo. De acordo com as descobertas, 73% dos estudantes entrevistados acreditam que essa modalidade tem o potencial de melhorar a qualificação profissional no Brasil, cerca de 77% estão muito satisfeitos com a nova experiência e 78% estão otimistas com o futuro profissional.

Em Pernambuco, o SESI desde de 2020 tem adotado o Novo Ensino Médio em 12 de suas unidades espalhadas pelo estado. Para o ano de 2022, a instituição pretende ampliar a oferta de qualificações aos estudantes para áreas como Programação de Jogos Digitais, Jogos Digitais, Mecânica, Desenvolvimento de Sistema, Informática para Internet, Eletromecânica.

Thaynara Andrade

Crianças da rede municipal de ensino de Belém participaram de uma programação especial em alusão ao Dia da Consciência Negra. A atividade foi organizada pela Faculdade UNINASSAU Belém, por meio do curso de Pedagogia, dentro da Escola Municipal de Educação Infantil "Direito de Ser Criança". O público presenciou contação de histórias de valorização da diversidade nas relações humanas.  

O evento faz parte das atividades de extensão da unidade Quintino Bocaiúva. Foi mediada pela professora Milene Vasconcelos Leal, docente da disciplina "Relações Étnico Raciais", que também já lecionou no Colégio Municipal assistido no projeto. Acadêmicos de diversos semestres estiveram presentes.  

##RECOMENDA##

De acordo com o coordenador do curso de Pedagogia da UNINASSAU Belém, Igor Belo, essa foi uma ação integrada, visando construir uma sociedade mais igualitária, justa e sem preconceitos. "Foi desenvolvido um planejamento, com elaboração e execução desse dia em alusão ao Dia da Consciência Negra, no qual alunos do curso de Pedagogia fizeram contação de histórias que trata da valorização da diversidade nas relações humanas, buscando construir uma sociedade com menos discriminação racial", disse o gestor.  

Os acadêmicos também ficaram responsáveis pelo ensaio e produção de painel, histórias, músicas e brindes para as crianças. "Para os discentes, foi um momento de engajamento social, planejamento e ação, uma preparação para o exercício da docência na prática. E, para as crianças, foi um momento de aprendizado, debate e interação, pois elas se posicionaram também sobre o tema abordado, trazendo à tona a questão do racismo, visando romper com práticas de discriminação", finalizou o coordenador.

Por Rayanne Bulhões.

Nesta sexta-feira (2), a Polícia Federal (PF) realizou busca e apreensão de celulares de duas pessoas suspeitas de fraudar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, que foi realizado nos dias 21 e 28 de novembro, no Pará. De acordo com informações divulgadas pela PF e Ministério Público Federal (MPT), o esquema foi realizado no último dia de aplicação do exame.

Na ocasião, um candidato usou o celular para se comunicar com pessoas que estavam fora do local de prova. Ainda segundo a investigação, o participante, que fazia a avaliação em uma escola do município de Benevides, localizado na Região Metropolitana do Pará, enviou fotos de questões à especialista para obter as respostas.

##RECOMENDA##

Além disso, o outro suspeito ficaria responsável por realizar o pagamento aos outros envolvidos. Durante as buscas, agentes da PF encontraram um caderno com gabarito do Enem e números que, possivelmente, são de Pix de cerca de sete especialistas contratados pelo candidato.

Ainda segundo o MPT, a descoberta da fraude só foi possível porque um dos especialistas contratados denunciou o esquema. Em depoimento, ele alegou que recebeu fotos dos quesitos do exame, que deveriam ser resolvidos até às 17h. No entanto, o especialista garante que nas imagens recebidas não estava identificado o ano de aplicação da prova. Porém, o suspeito deixou escapar, em uma das fotos, informações sobre a edição 2021.

Investigações

Todo material recolhido pela Polícia Federal passarão por perícia pela equipe de investigação do caso, que também vai apurar a falha no controle de entrada de celulares na escola onde o suspeito realizou o Enem. De acordo com a PF, os envolvidos podem responder pelo crime de fraude "em certames de interesse público" e serem passíveis de até quatro anos de reclusão.

Nesta quinta-feira (02), se iniciaram as entregas de absorventes às alunas matriculadas nas Escolas da Rede Estadual de Pernambuco. A iniciativa faz parte do Programa de Educação em Saúde Menstrual do Governo de Pernambuco, que pretende combater a pobreza menstrual, bem como proporcionar suporte por meio de orientações, formações e palestras às meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

O projeto estima beneficiar mais de 200 mil estudantes com a entrega dos absorventes. No EREM Capitão Manoel Gomes de Assunção, em Pombos, Agreste de Pernambuco, a entrega de mais de 503 absorventes já está em fase de andamento. Segundo a estudante Emily Silva, em entrevista concedida à Secretária de Educação e Esportes (SEE):

##RECOMENDA##

“A entrega foi muito importante para todas nós, meninas, pois isso não só nos ajuda, mas combate a pobreza menstrual. Muitas vezes a gente se priva de vir ao colégio nesse período. E esse programa é um apoio para todas”, declara a aluna. 

Segundo pesquisa realizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), 35% das adolescentes e jovens que menstruam, já enfrentaram dificuldades por não ter absorventes ou outros itens de higiene. No Brasil, foi aprovado em 2021, através do Projeto de Lei PL 4968/2019, a entrega do produto de higiene para estudantes dos ensinos fundamental e médio, mulheres em situação de vulnerabilidade e presidiárias.

Por Thaynara Andrade

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta quinta-feira (02), por meio da Secretaria da Educação Básica (SEB), o Programa EJA Integrada, que objetiva o aumento de vagas e cursos profissionalizantes integrados à Educação de Jovens e Adultos (EJA), de modo a fomentar a qualificação profissional desses estudantes.

A iniciativa faz parte da Meta 10 do Plano Nacional de Educação (PNE), que visa oferecer no mínimo 25% das matrículas do EJA, tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio, integradas à alguma formação profissionalizante. Dessa forma a ideia é ampliar as competências dos estudantes frente ao mercado de trabalho, a partir de uma dupla formação.

##RECOMENDA##

O programa incentivará a articulação entre as redes de educação municipal e estadual, para a elaboração de projetos de cursos que integrem as duas formações e ainda ofereçam capacitações alinhadas às demandas do mercado. De acordo com o MEC, a iniciativa já conta com a participação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, que estima o engajamento de  41 instituições e 23 escolas técnicas. 

Por Thaynara Andrade

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) aprovou, na última sexta-feira (26), o bônus regional para ingresso na instituição. O benefício é destinado a estudantes da rede pública e particular que moram nas regiões próximas aos campi da universidade e estipula o acréscimo de 10% na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O bônus já vale para a edição 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Em nota, a Univasf salienta que o acréscimo na nota do Enem valerá para todos os cursos de graduação da instituição e, como isso, "ampliará as políticas afirmativas de acesso ao ensino superior implantadas pelo governo federal, conferindo um ganho social à atuação da Universidade no seu território de abrangência", explica trecho do comunicado.

##RECOMENDA##

E finaliza: "A aprovação do bônus regional é uma demanda da sociedade externa pela primeira vez reivindicada no ano de 2010 e reforçada em 2014 e possibilita que a Univasf se integre às demais instituições públicas de ensino superior da região Nordeste que já o fazem há alguns anos".

Com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) e das Secretarias de Educação dos Estados e do Distrito Federal, o Programa Jovem Senador 2022 está com as inscrições abertas. Nesta edição, os estudantes serão selecionados a partir da avaliação de uma redação com o tema “200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”.

Os interessados deverão entregar a redação pronta na escola que estiver matriculado até o dia 18 de março. Serão selecionados 27 estudantes de cada estado brasileiro, acompanhados dos seus respectivos professores orientadores que irão os acompanhar na Semana de Vivências Legislativas, realizada entre 27 de junho até o dia 1 de julho de 2022, em Brasília, no Distrito Federal.

##RECOMENDA##

Podem se inscrever no concurso estudantes do Ensino Médio de escolas públicas de todo o Brasil, que estejam matriculados em alguma destas modalidades de ensino: regular, profissional técnico integrado, especial, indígena ou Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA). De forma excepcional será aceita a participação de estudantes que tenham concluído a formação em 2021, incluindo casos em que o ano letivo se estendeu até o início de 2022. 

O programa Jovem Senador tem o objetivo de fomentar a reflexão dos jovens estudantes brasileiros enquanto a política, democracia e ao exercício da cidadania. Nesse sentido, proporciona o conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo brasileiro e estimula o relacionamento permanente do jovem cidadão com o Senado Federal.

Por Thaynara Andrade

Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte foram agredidos durante ato pela volta da gratuidade do ônibus, realizado nesta quinta-feira (2), que circula dentro da instituição, por guardas municipais e Polícia Militar.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, os alunos realizam uma manifestação em frente a sede da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) quando são repreendidos com spray de pimenta por agentes da guarda e PM. Confira o vídeo:

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Na última quarta-feira (1), a STTU anunciou o fim da gratuidade da linha Circular, que dá acesso à UFRN. Alegando desequilíbrio no sistema de transporte do município, a secretaria estipulou que a tarifa para essa linha passa a ser no valor de R$ 3,20. Com a finalização do benefício, cerca de 14.528 mil alunos serão afetados.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, na última terça-feira (30), em caráter terminativo, o Projeto de Lei do Senado (PLS), cuja autoria é do parlamentar Randolfe Rodrigues (Rede). A proposição proíbe a venda e distribuição gratuita de refrigerantes em escolas da Educação Básica.

Além disso, o PLS também aponta a obrigatoriedade da impressão de alerta nos rótulos dessas bebidas com informações sobre os malefícios à saúde por meio do consumo abusivo do produto. De acordo com o texto do senador Randolfe Rodrigues, o descumprimento da rotulação na bebida "implica infração sanitária , nos termos da Lei nº 6.437, de 20 de agosto de 1977, e demais disposições aplicáveis".

##RECOMENDA##

Na justificativa do projeto, o autor pontua os males do consumo abusivo do produto e reforça que a maioria da população desconhece os riscos "ao passo que, em muitos casos, campanhas publicitárias – muitas vezes direcionadas à população infantil – estimulam o consumo desses produtos associando-os a estilo de vida saudável e afortunado", elenca o texto.

Sob relatoria da senadora Zenaide Maia, o PLS 9/2017 segue para análise da Câmara dos Deputados, caso não haja pedido de votação em Plenário.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando